Elo Primitivo

quinta-feira, setembro 01, 2005

1º de Setembro


O ano evapora em meses corridos. 9/12. Não deram conta, não darão nunca. Perguntas continuam zumbindo nos ouvidos como mosquitos impossíveis de calar. Fotografias se multiplicam no HD. Palavras acumuladas em gavetas teimam em sair, tranco-as _ todas _ até quando? Rubem Braga surge do nada (?) "Ultimamente têm passado muitos anos." Tantos que nem sei como. Enquanto isso, fotografo, com especial interesse por aves.
.
*
.
Outro dia no campus da UFF encontrei um filhote de quero-quero. Fiquei de longe, observando. Máquina intocada. Voltei lá, dias seguidos, sempre espiando e me aproximando um pouco a cada encontro. Já fui atacada por um bando de quero-quero na fazenda. Meu irmão levou ferroada deles quando criança, têm esporões embaixo das asas.
Observei que os pássaros daqui são "civilizados", quer dizer, não tem medo de gente. Eles me receberam numa boa. Peguei o filhote na mão, fotografei, a mãe sempre por perto, conversando com ele. Foi tudo rápido em tempo cronológico, um minuto, talvez. Soltei o filhote e me afastei. Cantou alto, a mãe se aproximou, levantou as asas e ele desapareceu aninhado embaixo da asa direita... foi a cena! Uma cena emoção que quis guardar na memória ao vivo. Sem cliques.
.
Divido com quem passar por aqui três fotos de mãe e filho_ todo cuidado e amor que as palavras agregam. Talvez seja uma das respostas, não quero saber de perguntas, prefiro respostas, ainda que sejam também perguntas.




SM

7 Comments:

  • Ei, Sabine!
    Esse site é muito bacana.
    http://artpad.art.com/artpad/painter/
    Vc pode desenhar e ver a ilustração sendo
    construída novamente. Depois dê um pulo lá.
    Suas fotos são sempre emocionantes.
    Beijos!

    By Anonymous Dea, at quinta-feira, setembro 01, 2005 10:52:00 AM  

  • PQP, Sa, fazer os olhos tomarem banho logo de manhã é sacanagem! Das mais produtivas!

    By Anonymous Lu, at quinta-feira, setembro 01, 2005 12:32:00 PM  

  • Para mim que acabo de chegar do campus do Gragoatá (mesa redonda sobre Sartre - Leitura, literatura, e pós-modernidade) e conectar-me ao seu blog, parece que veio a calhar mesmo, tanto o primeiro assunto, como o segundo. É que vim para casa sentindo algo estranho, após meses e meses sem aparecer no Instituto de Letras da UFF.

    Vim pensando numa questão que um Anjo que habita lá me fez quando passei no bloco C: Diga o motivo para o afastamento e,talvez, o colegiado entenda e você poderá retornar sem passar novamente pelas provas de admissão.

    Eu não fui para encontrar o "Anjo", a priori, fui para o bloco B, para a Mesa Redonda. Mas, pensei: então qual o motivo de passar no quinto andar do bloco C, senão para rever anjos e demônios? rs... não deu outra.

    Bem, encontrei um anjo que me colocou diante dos meus próprios demônios, sem querer. Me fez refletir o(s) motivo(s), e, como não consigo mentir para mim mesma, ultimamente, respondi: o principal motivo, mais que todos os outros reais motivos, foi falta de engajamento 9 palavra boa para usar depois de ouvir palestras sobre Sartre). Falta de real vontade de continuar, naquele momento.

    "E agora José?" vou falar a verdade psicológica, ou a verdade enredada de "pedra no caminho", que havia, e sempre haverá?
    Outro fato que me emocionaou, foi saber lá, na abertura da Mesa, sobre o falecimento do Grande Mestre, ontem, André Trouchê. Vale dizer aqui que o seminário que ele aprontava para o final do mês de setembro, sobre 400 Anos de Quixote, será levado avante, e com mais emoção ainda, por todos os que participam.

    Sobre alegrias? Sim, tem a ver com teu segundo texto, Sabine, no post de hoje. Aquele Campus já foi meu palco de refexões e fotos, engendramento "inoportuno"(será?) quando tinha eu que estar procurando mestres para orientações. Viu só o que certos lugares e pessoas, e pássaros, e cantos, e seu blog, me fez hoje? É, rs... escrevi aqui no seu coments, um post sobre rompimentos, e atamentos invisíveis, adoráveis, imortais. Com a ajuda de Carlos Drummond de Andrade, e tb do Rubem Braga, comentado no seu texto. Beijos de Luz! ( AH, se quiser, pode apagar esse comentário impertinente, está tudo bem, viu! rs...)

    By Anonymous Tânia, at quinta-feira, setembro 01, 2005 8:14:00 PM  

  • Lindas fotos! Adoro o seu blog! Saudades e beijos da Chris.

    By Anonymous Anônimo, at quinta-feira, setembro 01, 2005 8:53:00 PM  

  • Tava querendo-querendo conhecer o quero-quero. Adorei. Ainda mais o filho.

    By Anonymous Rosana, at quinta-feira, setembro 01, 2005 10:22:00 PM  

  • Tany, muito bonito seu comentário! Claro que não vou apagar... é pra ficar registrado, viu? Beijos!

    By Anonymous Sabine, at sexta-feira, setembro 02, 2005 12:20:00 AM  

  • Putz, só conhecia quero-quero de nome e de ouvido. Gostei!

    By Blogger Valéria, at sexta-feira, setembro 02, 2005 10:18:00 AM  

Postar um comentário

<< Home